Rua Silva Bueno, 599 - sala 1104 - Ipiranga - SP 13 3233-4587 11 3054-8383 13 96351-0335

Trilhos mais longos permitem vagões mais pesados na FCA e FNS

Gostou? compartilhe!

Trilhos mais longos permitem vagões mais pesados na FCA e FNS

Continue Lendo

A VLI, empresa especializada em operações logísticas que integram ferrovias, portos e terminais, concluiu obras de modernização no Estaleiro de Soldas de Trilhos de Pedro Leopoldo, MG, que vão permitir a produção de trilhos de 240 metros (10% mais longos do que a produção atual).

Com componentes importados do Japão, Estados Unidos e China pelo porto de Tubarão (ES), as peças serão produzidas em Pedro Leopoldo e enviadas para as localidades que integram a FCA (Ferrovia Centro-Atlântica), e, em breve, a Ferrovia Norte-Sul. A substituição por trilhos mais robustos visa garantir a passagem de que vagões mais pesados pela linha, cuja expectativa de aumento no volume de transporte sobre os novos trilhos é de 25% em relação a 2015.

Com um investimento total de 450 mil reais, a VLI espera que a planta passe a produzir até 20 trilhos por dia na nova medida, aumentando a capacidade de envio para a manutenção ferroviária e reduzindo custos com soldagens em campo durante o assentamento de novos trilhos, o que deve melhorar a produtividade das frentes de substituição.

“A nova etapa de modernização do Estaleiro de Soldas de Trilhos de Pedro Leopoldo faz parte de um importante investimento da VLI para dar mais robustez à malha ferroviária que controlamos”, comenta o gerente do Estaleiro, César Toniolo. “Isso significa uma ampliação na capacidade de envio de trilhos e maior confiabilidade nas operações”.

O Plano de Mecanização do Estaleiro de Soldas de Pedro Leopoldo teve início em 2010, com etapas de modernização previstas até 2018. A VLI engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira.

Fonte: Guia Marítimo



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Wohlers Cargo Whatsapp Wohlers Cargo