Rua Silva Bueno, 599 - sala 1104 - Ipiranga - SP 13 3233-4587 13 3054-8383 11 96351-0335

Ministério de Temer tem 6 partidos que governaram com Dilma

Gostou? compartilhe!

Ministério de Temer tem 6 partidos que governaram com Dilma

Continue Lendo

O ministério do governo de Michel Temer, anunciado nesta quinta-feira (12), tem seis partidos que fizeram parte da chapa anunciada pela presidente Dilma Rousseff na reforma ministerial de outubro de 2015, antes do desembarque de partidos como o PMDB e o PP. São eles: PMDB, PP, PR, PRB, PSD e PTB.

Temer foi notificado às 11h25 da decisão do Senado Federal, que aprovou nesta manhã a abertura de processo de impeachment e o afastamento por até 180 dias de Dilma da Presidência da República. Em seguida, anunciou por meio de sua assessoria os nomes dos ministros que integrarão o novo governo.

Entre os 24 nomes anunciados, alguns já haviam sido divulgados informalmente por interlocutores de Temer ao longo das últimas semanas, como Henrique Meirelles (Fazenda), Romero Jucá (Planejamento), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo).

Dos ministros anunciados por Temer, quatro assumiram pastas do governo Dilma na reforma ministerial de outubro. São eles: Eliseu Padilha (PMDB), que era da Aviação Civil no governo da petista e passa a assumir a Casa Civil de Temer; Gilberto Kassab (PSD), que, da pasta de Cidades, passa a assumir Comunicações; Henrique Eduardo Alves (PMDB), que se mantém no Ministério do Turismo; e Helder Barbalho (PMDB), que passou de Portos para Integração Nacional.

Comparação partidária

Em outubro do ano passado, Dilma anunciou uma reforma com redução de 39 para 31 ministérios. Faziam parte do ministério do governo 9 partidos, sendo que o PT era a sigla com mais pastas (9). Ele era seguido de perto pelo PMDB, que tinha 7. Os demais (PTB, PR, PSD, PDT, PCdoB, PRB e PP) tinham 1 pasta cada um. Oito ministros não eram filiados a partidos.

Já no novo governo Temer, são 24 ministérios com 12 partidos. A sigla que lidera é o PMDB, com 7 pastas, seguido do PSDB (3) e do PP (2). PR, PRB, PSD, PTB, DEM, PPS, PV e PSB têm 1 ministério cada um. Quatro ministros não são filiados a partidos.

Além da manutenção dos seis partidos já citados, o governo Temer se destaca por ter pastas lideradas por partidos da oposição - DEM, PSDB, PPS e PV.

Entre as pastas que foram extintas, estão Aviação Civil, Comunicação Social, Portos e a Controladoria Geral da União. Outras ainda passaram por fusões, como as pastas de Educação e de Cultura, que se uniram para formar o ministério de Educação e Cultura, e os ministérios do Desenvolvimento Agrário e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, que viraram o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário.

Além disso, duas pastas foram criadas: a de Fiscalização, Transparência e Controle e a Secretaria de Segurança Institucional.

Fonte: G1



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Wohlers Cargo Whatsapp Wohlers Cargo