Rua Silva Bueno, 599 - sala 1104 - Ipiranga - SP 13 3233-4587 11 3054-8383 13 96351-0335

Mais de R$ 1,5 bilhão em investimentos no Porto do Açu

Gostou? compartilhe!

Mais de R$ 1,5 bilhão em investimentos no Porto do Açu

Continue Lendo

Com mais de R$ 1,5 bilhão em investimentos o Porto do Açu inaugurou na última semana três novos terminais do empreendimento: o T-OIL (Terminal de Petróleo), o Terminal Multicargas (T-MULT) e o TECMA (Terminal de Combustíveis Marítimos do Açu).

De acordo com José Magela Bernardes, presidente da Prumo Logística, empresa que desenvolve e opera o Porto do Açu, a proximidade das bacias petrolíferas de Campos e Santos dá ao complexo vantagens competitivas importantes para as atividades de petróleo e gás. “Hoje é um dia em que celebramos o Brasil que dá certo. E o Porto do Açu deu certo porque é um projeto que tem fundamentos sólidos, com características únicas”.

Além disso, o executivo destacou a parceria com governos federal, estadual e municipal, “como um vetor para o desenvolvimento da região Norte Fluminense” e ressalta: “Eles foram e continuarão sendo essenciais para construirmos um empreendimento que já é um marco para a região norte fluminense e para o país”.

Carey Mendes, Regional Business Leader Global Oil Americas da BP, representante da alemã Oiltanking, que possui 20% do Terminal do Petróleo e será a operadora do terminal, e da BP, que detém 50% do Terminal de Combustíveis Marítimo do Açu, falou da importância do porto e do sucesso. “Nós temos muito orgulho do sucesso deste terminal e um grande compromisso com Brasil. O Porto do Açu é muito importante para nós”.

O presidente da Shell, André Araújo, afirmou que a petroleira – que é a primeira cliente do Terminal de Petróleo, tem interesse em ampliar suas atividades no Porto do Açu. “O Porto é uma facilidade operativa. Vamos buscar alternativas aqui, como atividades de blending e armazenamento”, disse o executivo.

O complexo trabalha ainda com projetos de viabilização de interligação dos modais rodoviário e ferroviário com o porto. Um deles é a ferrovia EF 118, que irá conectar os estados do Espírito Santo e o Rio de Janeiro, e a EF 354, que pretende ligar o Porto do Açu e toda a região aos centros consumidores do Sudeste e Centro-Oeste.

Para o Ministro dos transportes Maurício Quintella, esse é atualmente o maior porto em área do Brasil e ressaltou não ter dúvidas que logo será também o maior em operação. “O governo está absolutamente atento a esse novo momento e conversar com o setor para cumprir a nossa parte. Não adianta ter só o porto. O empreendimento também precisa de acesso, a gente precisa integrá-lo às regiões produtoras e consumidoras do país. E é para isso que a gente está aqui hoje”.

Fonte: Guia Marítimo



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Wohlers Cargo Whatsapp Wohlers Cargo