Rua Silva Bueno, 599 - sala 1104 - Ipiranga - SP 13 3233-4587 11 3054-8383

Comércio Exterior, Importação e Exportação: Vantagens e Desvantagens

Gostou? compartilhe!

Comércio Exterior, Importação e Exportação: Vantagens e Desvantagens

Continue Lendo

O profissional atuante na área de comércio exterior realiza a compra e venda de produtos e serviços, entre empresas e governos de diferentes países. Ele deve manter-se atento aos acontecimentos internacionais, como conflitos econômicos, para assim classificar os mercados consumidores como as empresas fornecedoras. E além disso tudo, ainda está por dentro das tendências de consumo das diferentes partes do globo.

O mesmo observa as exigências dos clientes e fornecedores, compreendendo as possibilidades de compra ou venda, cria técnicas de comércio e mercadologia, e a logística auxilia definindo o tipo de frete e estocagem de produtos a serem utilizados na importação e exportação de produtos.

Seu âmbito de serviço engloba importadores, exportadores, profissionais de logística e empresas privadas de vários ramos. E também precisamos ressaltar a importância de que as instituições financeiras, órgãos governamentais de avanço econômico, negociadoras de câmbio e de seguro são de grande importância para os procedimentos necessários de toda operação comercial.

É indispensável que esse profissional conheça bem de legislação referente a área de importação e exportação de produtos e serviços, entender as relações comerciais entre o Brasil e os demais países. Neste texto você encontrará tudo sobre a área de comércio exterior, seu mercado de trabalho, onde esse futuro profissional pode se profissionalizar, como deve ser esse profissional, e onde ele pode atuar, tudo isso e muito mais você encontra aqui.

Exportação e importação vantagens e desvantagens, habilidades profissionais e aonde atuar no mercado.

Exportar: Tem como definição a saída de um item ou produto nacional para o outro país internacional. Tendo como exemplo: “O Brasil vende soja para a China”.

Importar: É na ocasião em que um país obtém itens ou produtos que são de origem de outro país. Como por exemplo: “O Brasil compra feijão carioca ou carioquinha da Argentina e China”.

Como nem sempre podemos levar vantagens no instante em que vamos exportar produtos, a mercancia exterior requer algumas cautelas e precauções para o exportador. Iremos salientar alguns pontos de vantagens e desvantagens da exportação abaixo:

Vantagens de uma exportação:

  • Produtividade volumosa: Amplia a proporção da produção;
  • Redução da carga tributária: A organização pode equilibrar o recolhimento dos impostos internos na exportação;
  • Aprimoramento do RH (recursos humanos): são as organizações que exportam, e são capazes de disponibilizar bons salários e capacitações para seus trabalhadores e colaboradores;
  • Otimização dos procedimentos manufatureiros industriais: Progresso na propriedade e na exposição de seus produtos. Assim a organização possuirá melhores situações para as oposições internas e externas;
  • Crescimento e inovação da capacidade: As empresas que exportam passam a ter tendências inovadoras em relação às não exportadoras;
  • Reputação da empresa: Quando a empresa trabalha bem e garante a satisfação do seu cliente, a empresa passa a ser o tipo de empresa referência no seu país e no exterior.

Desvantagens da exportação:

O tempo de retorno pode ser maior:

  • É possível observar que nas primeiras exportações a empresa espera muito da sua exportação, mas na verdade as primeiras exportações não são tão satisfatórias tanto quanto se pressupõe. Deve haver precauções entre ambas as partes, no caso comprador e vendedor porque sempre ocorre aquela dúvida se vai dar tudo certo, isso pode trazer resultados insatisfatórios.
  • É indispensável que haja adequações no produto: Sempre prestar atenção nas mercadorias que vão ser exportadas, para que essa mercadoria possa ser colocada de uma forma adequada e esperada pelo mercado consumidor. Devido a vasta diferença de característica culturais que existem entre os países, é de extrema importância saber se adaptar a essas diferenças, para que o exportador não tenha problemas.
  • É primordial dispor de um grupo qualificado sobre o assunto: É primordial que funcionários tenham um vasto conhecimento sobre o comércio internacional, e é essencial ele ter inglês e se possível falar outros idiomas.
  • Infelizmente a logística no Brasil ainda passa por certos obstáculos: Às vezes pode calhar de demorar dias ou até semanas, quando se trata de exportar algum tipo produto diferenciado, ou quando aconteça greve de fiscais, dentre outras coisas que acabam fazendo com que as operações de exportação terem dificuldade para serem concluídas.

Vantagens da importação:

  • Possuir um menor custo de obtenção da moeda em elo ao país comprador;
  • Obtém estímulo do Governo federal para importação;
  • Às vezes existem certas variantes vantajosas para a importação;
  • Declínio de acumulação de trabalhadores;
  • O período de importação acaba sendo inferior ao período de produção;

Desvantagens da importação:

  • O tempo de entrega de mercadoria: O transporte marítimo é um dos transportes mais utilizados. Porém para certos países pode ocorrer um atraso no prazo de entrega da mercadoria;
  • O planejamento de compra e venda: É preciso se programar bem para saber quanto vai ser a quantidade de produto transportado, e em quanto tempo ela irá chegar, caso não tenha esse planejamento pode acontecer falhas;
  • É fundamental ter confiança no seu fornecedor: A confiança é algo primordial na hora da negociação de importação de um produto, ou de uma revenda, um produto de qualidade é aquele que atende todas os critérios do seus clientes e passa primeiro pelas etapas de: controle da produção, logística documental, vistoria da mercadoria e pré-embarque. Complementando o pensamento há cima, a importação e exportação são elementos significativos para os países, que tem como o propósito melhorar economicamente os países desenvolvidos e subdesenvolvidos.

Quais habilidades o profissional de Comércio Exterior deve ter?

Para começar o profissional de Comércio Exterior deve abranger todas as técnicas e os procedimentos de aquisição e venda de um serviço ou produto, serviço esse que acontece entre empresas e governos de diversos países. É de extrema importância que esse profissional mantenha-se atualizado dos acontecimentos do mercado internacional, assuntos econômicos e também políticos, e saber lidar com possíveis conflitos desse tipo, assim se preparando para lidar com as empresas e os diversos tipos de mercados consumidores.

O profissional também deve observar as novidades dos mercados nacionais e internacionais, descobrir as necessidades dos seus consumidores e fornecedores, denota as oportunidades de compra e venda, planejar estratégias de marketing e comercialização são elementos que representam a logística, assim como a estocagem dos produtos exportados, importados e o frete.

Sua área de trabalho integra os campos da logística, instituições privadas de variados âmbitos, que constituem a importação e exportação, negociadora de taxa de câmbio e de seguro, companhias financeiras, dependências governamentais de avanço econômico.

Vale ressaltar que o profissional trata com contratos de negócios internacionais, é essencial saber falar outros idiomas, de preferência inglês e espanhol, é realizável adentrar na ocupação profissional através de um curso tecnológo.


Fonte: Portogente



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Wohlers Cargo Whatsapp Wohlers Cargo